Archive for abril, 2009

Resultado da Pesquisa – Blog do Mês de Abril – 2009

O Blog do Mês de Abril, escolhido pelos leitores do IV, foi o Cozinha Cani, da Carol e da Cristina. Confira o resultado da votação:

Blog do Mês - Abril, 2009

Parabéns Carol e Cristina pelo excelente trabalho

e pelo resultado da votação!

Selo Blog do Mês - Abril, 2009

Minha experiência com CMS’s

 

O que é um CMS?

CMS é a sigla para Content Management System ou, traduzindo para o português, Sistema de Gerenciamento de Conteúdo.

OS CMS’s são ferramentas que possibilitam a criação de sites, portais, blogs, e-commerce, fóruns, comunidades virtuais e outros serviços de internet, de forma rápida, barata e eficaz.

O uso de CMS’s não é indicado para pessoas totalmente leigas, pois cada sistema exige algum conhecimento básico em ferramentas do painel de controle da hospedagem (cPanel, Helm), banco de dados, HTML, linguagens de programação para internet, etc. Mas nada que uma boa pesquisada na internet, leitura de livros e participações em comunidades sobre um determinado CMS não resolva.

Em alguns casos, o uso de CMS’s pode não ser adequado ao seu projeto, já que ele oferece limitações na sua personalização. Neste caso o que pode ser feito é uma adaptação dos módulos e plugins do CMS ao seu projeto, ou criar um CMS do zero, para adequar-se às suas necessidades. Nos dois casos é necessário um bom nível de conhecimento em linguagens de programação para web, como por exemplo PHP, ASP ou JSP.

Minha história com CMS’s

Tomei conhecimento dos CMS’s no final de 2002, quando tentei fazer um portal em HTML e percebi que ele tinha ficado absurdamente pesado e difícil de ser atualizado.

Como eu não tinha conhecimento em PHP ou qualquer outra linguagem de programação para criação de sites dinâmicos, resolvi buscar sistemas que permitissem gerenciar o conteúdo de um site de forma mais simples e prática.

Xoops foi a solução

O primeiro CMS que tive contato foi o PHP-Nuke, mas não me adaptei muito com ele.

Então, após pesquisar um pouco mais, encontrei o Xoops, e percebi que ele era perfeito para o que eu precisava naquele momento.

Passei a participar ativamente de algumas comunidades sobre este CMS. Fui co-fundador da comunidade XoopsTotal, que infelizmente não existe mais, onde ajudava, voluntariamente, com algumas traduções e testes de módulos, postava dicas para ajudar os novatos, enfim, eu era um divulgador do sistema.

Através do Xoops aprendi muito sobre comunidades virtuais, PHP, MySQL, CPanel, PHPMyAdmin, web design, administração de sites e CMS’s.

Um grande mentor e amigo nesta época foi o Giba (Gilberto Galdino) que me ajudou bastante com o Xoops.

Outros CMS’s importantes

Durante este período também tive contato com o Invision Power Board e o phpBB, CMS’s para criação de fóruns, o osCommerce para criação de lojas online e o Moodle para e-learning. Este último eu ainda não me aprofundei muito.

Na mesma época conheci o Joomla!, um CMS derivado do Mambo, e que hoje é uma das melhores ferramentas gratuitas para criação de sites e portais. Tenho algum conhecimento no gerenciamento de sites através deste CMS, mas confesso que preciso aprender um pouco mais sobre ele, algo que já está sendo providenciado, pois tenho planos futuros para utilização deste sistema.

Recentemente encontrei o Pligg, um CMS para criação de sistemas de notícias ao estilo Digg e diHITT. Estou testando para ver suas funcionalidades, mas por enquanto não pretendo criar nada oficial com ele. (leia o post que fiz sobre o Pligg)

Ainda não testei o Drupal, mas ouvi dizer que ele também é um excelente CMS e que tem muitos fãs pelo mundo. Pretendo testá-lo em breve.

WordPress, o CMS dos Blogs

No final de 2007 eu tive um contato mais aprofundado como o WordPress, o CMS mais popular para criação de blogs na atualidade. Apesar de eu já ter tido um contato anterior com este CMS, foi apenas à partir de 2008 que eu realmente comecei a usá-lo de forma mais efetiva, através deste blog, o Informação Virtual.

Me tornei fã do WordPress e não consigo imaginar o Informação Virtual em outra plataforma para blogs.

A facilidade na instalação, administração e manutenção do blog através do WordPress é incrível. Além disso o WP é um sistema que possui uma comunidade muito ativa, excelentes plugins e templates belíssimos. Pode até ter seus pontos negativos, como a segurança um pouco falha em alguns casos e o consumo voraz de bytes no servidor, mas ainda é o preferido entre os blogueiros que utilizam servidores proprios.

Obtendo informações

Existe disponível atualmente uma infinidade de sistemas de gerenciamento de conteúdo, gratuitos ou pagos, simples ou complexos. Um deles pode ser a solução ideal para o que você está precisando. Basta dar uma pesquisada no Google com o termo CMS ou “Content Management System“.

A leitura de sites, blogs, livros, fóruns e comunidades sobre um CMS específico pode ajudá-lo a entender melhor suas características técnicas e administrativas.

Vale lembrar que os melhores sites e livros sobre o assunto geralmente estão em inglês. Portanto, se você não domina muito a língua inglesa vale a pena deixar o tradutor Google aberto em uma guia separada no seu navegador, ou um dicionário de inglês-português na sua mesa de trabalho.

Dica de Livro


  Joomla! GUIA DO OPERADOR 

Evento

iMasters CMS Brasil 2009 – Conferência Internacional de CMS

Presença de Matt Mullenweg (WordPress), Anthony Ferrara (Joomla!) e Addison Berry (Drupal)

Data: 20/06/2009

Local: São Paulo/SP

Informações: http://www.cmsbrasil2009.com/

Promoção

A Polvora! Comunicação criou uma promoção que irá levar 5 usuários para o CMS Brasil 2009.

Para participar basta criar um post sobre a utilidade e importância do WordPress, Joomla ou Drupal e qual pergunta você faria para os respectivos palestrantes. Clique no logotipo abaixo para acessar o post da promoção.

 

Eu faria a seguinte pergunta ao Matt Mullenweg, criador do WordPress:

Com base no feedback dos usuários, que implementações você considera mais importantes para as próximas versões do WordPress? E quando elas estarão disponíveis?

Utilidade Pública – O que é a Gripe Suína

Referência: Blog do Renatto Neves – http://www.renattoneves.com.br

Acompanhe geograficamente, através do Google Maps, os casos e possíveis casos da gripe suína no mundo: 2009 Swine Flu (H1N1) Outbreak Map

Escolha o Blog do Mês de Abril de 2009

Chegou a hora de você escolher o Blog do Mês de Abril de 2009. Os candidatos são:

Para escolher o blog do mês basta votar na enquete que encontra-se na barra lateral deste blog. A votação vai até quarta -feira, dia 29/04/2009. O resultado será dado na próxima quinta-feira, dia 30/04/2009. Não serão contabilizados votos feitos através de comentário ou e-mail.

Vote agora mesmo e prestigie o trabalho dos blogueiros!

Blog da Semana #36

CURIOFÍSICAEsta semana o blog escolhido é o CURIOFÍSICA, criado pelo Diego C. Galeano, que conta também com a participação de outros colaboradores.

Apesar do nome o blog não fala apenas sobre física, mas também sobre outros assuntos como, biologia, direito, nutrição, tecnologia, notícias, games, sempre de forma didática e divertida.

É um ótimo blog para ser indicado a alunos em todos os níveis de ensino, pois possui muito material para pesquisa e aprendizado.

Na minha opinião o CURIOFÍSICA é uma espécie de Discovery Channel em forma de blog.

Quer um exemplo? Responda a seguinte pergunta:

– Uma formiga pode empurrar um elefante?

Sim? Não? Não sabe? Então descubra esta e outras curiosidades no CURIOFÍSICA!

Compre com segurança pela Internet

Este post faz parte do Movimento Blog Voluntário 2009 – #mbv2009

Blog VoluntárioTodos os dias milhares de pessoas tornam-se novos internautas e, muitas vezes, grande parte destas pessoas, por falta de conhecimento técnico ou inexperiência, acaba sendo enganada por pessoas e empresas de má fé que literalmente roubam o dinheiro dos incautos.

Muitas pessoas ainda sentem medo de comprar coisas pela internet, por não confiarem ou até mesmo por não saberem ao certo em quem confiar.

carrinho mirim Compre com segurança pela InternetEu posso garantir que comprar pela internet é seguro sim, desde que seguidas algumas regras básicas de segurança. Acredito até que seja mais seguro comprar numa loja virtual do que numa loja real, já que o próprio fato de você se deslocar da sua casa para ir até uma loja envolve riscos maiores dos que os encontrados no mundo virtual.

No final desta matéria você vai encontrar uma série de links interessantes sobre este assunto.

Onde comprar?

A primeira coisa que você deve levar em conta na hora de comprar algo pela rede é se a loja virtual é idônea. Para isso, siga estas dicas:

  1. Compre apenas em lojas virtuais que possuam CNPJ. Você pode consultar o CNPJ da empresa na Receita Federal e nos órgãos de defesa do consumidor (PROCON), para saber se há alguma restrição;
  2. Faça uma rápida pesquisa na internet, usando o Google ou outro buscador de sua preferência, para ver se há comentários positivos ou negativos sobre a empresa;
  3. Tente encontrar pessoas que já compraram nessa loja para saber se elas enfrentaram algum problema;
  4. Dê preferência a empresas conhecidas, tradicionais e que também, se possível, possuam lojas físicas;
  5. Desconfie de preços muito abaixo dos praticados pelo mercado, pois isso pode indicar um possível golpe;
  6. Verifique se a empresa possui endereço, telefone fixo ou serviço 0800. Desconfie de empresas que disponibilizam apenas o e-mail como forma de contato;
  7. Verifique se o site é seguro na hora em que você estiver efetuando uma compra ou fazendo um cadastro. Deve aparecer “https://” ao invés de “http://”, na barra de endereço do seu navegador. Na barra de status (na parte inferior do navegador) deve aparecer um cadeado amarelo;
  8. Exija sempre nota fiscal e garantia do produto comprado;
  9. Utilize serviços como o Buscapé ou Bondfaro para, além de pesquisar o menor preço, verificar a qualificação da empresa;
  10. Outra excelente opção de serviço oferecida pelo Buscapé é o Confiômetro, uma ferramenta que tem por finalidade registrar as opiniões dos consumidores sobre o atendimento, compra e venda de produtos e serviços;
  11. Você também pode recorrer ao site Reclame Aqui, considerado o maior site da América Latina em defesa do consumidor.


Como pagar?

Geralmente as lojas virtuais oferecem várias formas de pagamento aos seus cliente como, boleto bancário, transferência eletrônica, cartão de crédito ou débito, financiamento, etc.

dinheiro Compre com segurança pela InternetPagamentos feitos com cartão de crédito são mais práticos e o produto é liberado mais rapidamente para entrega. Mas se seu computador tiver com alguma falha de segurança, você pode estar correndo o risco de ter seus dados roubados. Por isso, mantenha seu computador com o anti-vírus sempre atualizado.

A forma mais segura de efetuar o pagamento é através do boleto bancário, no entanto esta opção faz com que sua entrega demore um pouco mais.

Prazo de entrega

Fique atento ao prazo de entrega informado pela loja. Caso o produto demore além do tempo previsto, faça uma reclamação por escrito à empresa. Caso o problema não seja solucionado, procure o PROCON, ou algum outro órgão de defesa do consumidor, da sua cidade para fazer a reclamação.

Produto trocado ou com defeito

Proceda da mesma forma que no item anterior.

É importante lembrar que você deve sempre guardar os comprovantes de compra e pagamento. Não delete os e-mails recebidos e enviados, pois eles podem servir como prova.

Faça sempre valer o seu direito de consumidor.

Quero comprar algo usando o Mercado Livre. É seguro?

Tomando os devidos cuidados, sim, é seguro.

O Mercado Livre não é uma loja virtual, mas sim uma comunidade de vendedores e compradores. Um vendedor no ML pode ser uma pessoa física ou jurídica.

Comprar através do ML exige cuidado, paciência e uma boa dose de sorte, pois existe um risco maior de você ser lesado. Mas com as seguintes dicas, o risco de você ter algum problema ao comprar no ML fica bastante reduzido:

  1. Antes de efetuar a compra, verifique a qualificação do vendedor. Se a porcentagem de qualificação negativa for muito grande, o risco de você ter algum problema na negociação é alto;
  2. Verifique também os comentários positivos e negativos feitos sobre este vendedor;
  3. Dê preferência a vendedores que aceitam pagamento através de Mercado Pago ou Sedex a Cobrar, mesmo que você não faça o pagamento através destes métodos, indica que o vendedor possui uma boa qualificação e isso aumenta a garantia de que o produto será entregue;
  4. Existem muitos vendedores ainda sem qualificação no ML, isso não significa que eles sejam desonestos, mas sim que são novos vendedores. Se você quiser dar um voto de confiança a eles, procure comprar produtos de menor valor, como um pendrive, por exemplo. Não caia na besteira de já sair comprando um Notebook de R$ 3.500,00, pois você pode quebrar a cara.


Conclusão

Não tenha medo de fazer compras pela internet, aproveite os benefícios e o conforto oferecidos por este sistema de compras.

Uma grande vantagem de se fazer compras pela internet, além da praticidade, é o fato de que muitos produtos possuem um preço menor do que os vendidos nas lojas físicas, isso porque o custo para manter uma loja física é muito maior.

Fique sempre atento, pesquise bastante antes de comprar qualquer coisa e faça um excelente negócio.

Se você tiver mais alguma dica sobre compras online com segurança, deixe seu comentário.

Links Úteis

Cartilha de Segurança para Internet 3.1

Receita Federal do Brasil – Emissão do Comprovante de Inscrição e Situação Cadastral

Fundação PROCON SP

Reclame Aqui

Confiômetro

Buscapé

Bondfaro

Mercado Livre

PagSeguro UOL

Pagamento Digital

Aprenda a usar o QR Code

O QR Code (Quick Response Code) é uma espécie de código de barras bi-dimensional, criado em 1994 pela empresa japonesa Denso Wave. Mesmo em baixas resoluções, com imagens feitas por câmeras VGA, como aquelas encontradas nos celulares mais básicos, o código pode ser interpretado rapidamente e sem erros.

O QR Code tem capacidade de armazenamento de 7.089 números ou 4.296 caracteres alfanuméricos, podendo ser utilizado na indústria, no comércio, na publicidade ou até mesmo para uso pessoal.

O QR Code pode servir, por exemplo, para armazenar o endereço de um site ou blog, como um cartão de visita, currículo, convite, e o que mais a sua imaginação mandar.

Para fazer a decodificação você deve iniciar o aplicativo de leitura de QR Code no seu celular, apontar sua câmera para o código e pronto!

Para utilizar o QR Code você vai precisar do seguinte:

  1. Um gerador de QR Code
  2. Um celular com câmera e um leitor de QR Code instalado nela


Gerador de QR Code

Eu utilizo e indico o QR-Code Generator da Kaywa (http://qrcode.kaywa.com/), por ser simples, prático e funcional. Veja como funciona:

Celular com câmera + Leitor de QR Code

Para baixar o leitor para seu celular siga as instruções do site (clique na imagem abaixo para abrir o site):

O site da Kaywa disponibiliza uma lista de celulares compatíveis com seu leitor: http://reader.kaywa.com/phones

Se o seu celular não for compatível com o leitor da Kaywa você pode enviar um e-mail para eles ou pesquisar na internet: http://migre.me/AqF

Pesquise também outros geradores de QR Code: http://migre.me/Ase

E então, gostou desta tecnologia? Tem alguma dica ou dúvida sobre as aplicações, leitores e geradores de QR Codes? Envie seu comentário!

Fonte de referência: Wikipédia

Blog da Semana #35

Cozinha CaniO blog desta semana é o Cozinha Cani, criado pela Carol e sua mãe, Cristina.

Dividido nas categorias, asiática, biscoitos, bolos, carnes, doces, panela de pressão, pães, peixes, salgados e tortas, o Cozinha Cani mostra detalhadamente os ingredientes e o modo de fazer de deliciosas receitas culinárias, muitas delas simples de serem executadas.

Há sempre um comentário (post) da autora antes de cada receita, além disso as receitas são ilustradas com fotos de dar água na boca.

A qualidade do material é excelente e a quantidade de receitas publicadas também é muito boa.

Portanto, se você só sabe cozinhar ovos e preparar Tang, tem que conhecer o Cozinha Cani, o blog que vai dar um upgrade no seu lado gourmet.

Celebre o Ano Internacional da Astronomia


“A ONU proclamou 2009 como o Ano Internacional da Astronomia. A resolução foi submetida pela Itália, pátria de Galileu Galilei, e teve completo apoio do Segundo Comitê da Assembléia Geral. O Ano Internacional da Astronomia é uma iniciativa da IAU (União Astronômica Internacional) e da UNESCO, com o objetivo de ajudar os cidadãos do mundo redescobrir seu lugar no Universo através de um contato maior com o céu. Ele é uma celebração global da Astronomia e de suas contribuições para o conhecimento humano, na qual está sendo dada forte ênfase à educação, ao envolvimento do público e ao engajamento dos jovens na ciência, através de atividades locais, nacionais e globais.” – Fonte: Site oficial brasileiro do Ano Internacional da Astronomia 2009

Sempre considerei a astronomia uma das ciências mais incríveis já criadas pelo homem. Não sou muito bom em exatas, portanto não posso me considerar um astrônomo amador, já que a astronomia envolve cálculos matemáticos e físicos complexos, no entanto eu me considero um bom observador do céu noturno, curioso e fascinado pelos mistérios do cosmos.

Desde criança, incentivado pelo meu pai, eu gosto de observar as estrelas, os planetas, localizar as constelações e tudo que envolva a observação astronômica.

Adorei ter visto o Cometa Halley em 1985, quando eu tinha apenas 12 anos. Lembro-me que na época, o número de meteoritos queimando na atmosfera terrestre era muito grande, foi um belo espetáculo. A próxima aparição do Halley está prevista para 2061, quando estarei, se Deus quiser, com 88 anos. Espero estar vivo até lá e, de preferência, enxergando, para vê-lo novamente.

Hoje em dia o acesso ao conhecimento da astronomia é muito mais simples e divertido do que era quando eu tinha meus 12 anos. Podemos encontrar muita informação na internet, os equipamentos de observação, como binóculos e telescópios, estão com preços mais acessíveis, existem documentários incríveis em DVD ou na TV por assinatura, livros fantásticos sobre o assunto, softwares, como o Stellarium, que facilitam o reconhecimento do céu noturno, enfim, tem muito material para os amantes desta ciência.

Obviamente, como eu disse antes, o estudo mais aprofundado da astronomia envolve conhecimentos em matemática, física e química. Mas o simples fato de você gostar do assunto e ser um bom observador já é meio caminho andado.

Se você se interessou pelo assunto, procure mais informações.

Veja se na sua cidade, ou em alguma cidade próxima, existe algum observatório, planetário, uma faculdade, ou até mesmo grupos de observação astronômica.

Antes de investir em um telescópio caro, procure primeiro conhecer o céu a olho nú, depois compre um bom binóculo. Então, quando você já tiver alguma intimidade com a observação astronômica, invista em um bom telescópio, seja ele reflector ou refractor.

O mais importante de tudo é despertar o interesse, principalmente das crianças, sobre esta ciência que possui a chave para uma velha questão: “De onde viemos? Para onde iremos?”

Clubes de astronomia:

CARJ – Rio de Janeiro
CASP – São Paulo – SP
CASB – Brasília – DF
CANMS – Niterói – RJ
São Gonçalo – RJ



Crédito da Foto (Cometa Halley): The photo of Comet P/Halley was taken March 8, 1986 by W. Liller on Easter Island, as part of the International Halley Watch (IHW) Large Scale Phenomena Network (Photo LSPN-1725). From NASA’s National Space Science Data Center Photo Gallery.

Crédito da Foto (Saturno): NASA, ESA, and the Hubble Heritage Team (STScI/AURA)

Participe do Movimento Blog Voluntário 2009

Blog VoluntárioO Informação Virtual já está devidamente inscrito no Movimento Blog Voluntário e, assim como no ano passado, estarei postando matérias voltadas para os iniciantes no mundo da informática.

Se você tem um blog participe também, faça o seu cadastro no site do movimento e torne seu blog uma poderosa ferramenta de inclusão digital.

Mas o que é o Movimento Blog Voluntário?

“O Movimento Blog Voluntário está de volta para agitar a blogosfera em torno de uma boa causa.

O Dia Global do Voluntariado Jovem, na verdade, são três. Dias 24, 25 e 26 de abril, pessoas do mundo inteiro trabalham para melhorar o ambiente global e local.

No ano passado, com objetivo de dar uma mexida na Internet, realizamos o Dia Global do Voluntariado Jovem também no mundo on-line, com o Movimento Blog Voluntário, uma ação voltada ao combate do analfabetismo digital.

Com o sucesso do Movimento Blog Voluntário 2008 ampliamos as ações para 2009. Funciona assim, os blogs escreverm posts para ajudar pessoas iniciantes no mundo virtual. Esse ano nós reuniremos os melhores posts em um e-book, livro em PDF, que funcionará como um guia para essa galera.

Ctrl C + Ctrl V nessa idéia! E faça a diferença na vida de muita gente.

*O movimento não tem fins lucrativos nem ligação com empresas e/ou governo.”

#mbv2009

Page optimized by WP Minify WordPress Plugin